Como tudo que é bom dura pouco, parece que o Major Lazer pode estar rastejando em direção ao final do grupo.

Em uma entrevista recente ao site Complex, Diplo sugeriu que o Major Lazer terminará em 2019, após um último álbum, onze anos após o grupo ter sido inicialmente fundado por ele e por seu antigo colega, Switch. A notícia da dissolução do trio de dancehall acontece quando o vocalista anunciou a comemoração para marcar o aniversário de dez anos do grupo.

“Um monte de coisas que você não ouviu parecidas nos últimos dez anos. O ano que vem marca o nosso último álbum, então temos muitas coisas entre agora e depois.”

O motivo da divisão? A onipresença de Diplo em projetos paralelos – Silk City, com Mark Ronson, que lançou tracks novas recentemente, a trio com Labrinth e Sia, curiosamente chamado de LSD. “Eu estava trabalhando em muitas coisas”, Diplo compartilhou, “e todas essas coisas estão saindo agora”.

Major Lazer, depois de dominar as paradas e consolidar seu nome fazendo a ponte entre o pop, o eletrônico e o dancehall, representando a música eletrônica em toda parte, de Cuba à África e à Índia, não há muito mais para fazer.

Diplo diz, “A música é tão rápida hoje em dia. É como se estivéssemos em um loop de hip-hop o tempo todo; um novo rapper sai e as carreiras duram dois anos. Tudo é tão apressado, então somos muito sortudos pelos últimos 10 anos.”

A festa tem hora pra acabar, mas por enquanto, Diplo, Walshy e Jillionaire ainda tem muito pela frente.