Neste domingo (10/06), o DJ e produtor Zedd finalmente se pronunciou e mostrou seu lado da história sobre prática abusiva e tóxica que Matthew Koma, ex parceiro de trabalho, havia relatado sobre ele há alguns dias.

No dia do aniversário da música “Spectrum”, que Zedd produziu e Matthew Koma compôs e cantou, o compositor postou uma longa carta em suas redes sociais expondo vários detalhes do suposto comportamento de Zedd. A carta veio após fãs questionarem o motivo de Matthew Koma não ter feito mais músicas com Zedd.

No texto, Matthew afirmou que Zedd havia negado pagamento por direitos autorais e até mesmo teria impedido o compositor de lançar músicas novas de sua própria autoria.

Agora, Zedd postou sua versão da história para esclarecer todos detalhes que Matthew relatou. Em seu Instagram, ele postou quatro imagens com um longo texto que você poderá ler resumidamente abaixo:

“Eu apenas quero que meus fãs saibam do meu lado da história”, começa Zedd.

Sobre os créditos nas músicas

“Matthew é um dos melhores compositores que eu trabalhei. Eu dei créditos para cada palavra que ele compôs. Há vídeos onde eu mostro detalhadamente como fiz as músicas e explico que Matthew escreveu “Clarity” em cima de uma outra música que eu fiz chamada “Lost At The Sea”. Eu disse para Matthew que a letra era muito emocional para aquela música e disse que iria fazer outra música com a composição de “Clarity”, que se tornou a CLARITY que vocês conhecem hoje.”

Zedd também comentou sobre a música “Find You”, parceria com Matthew e Miriam Bryant.

“Find You” foi uma música que eu escrevi no piano no porão da casa dos meus pais, gravei no celular e enviei pra Miriam escrever. Mais tarde chamamos Matt para nos ajudar terminar a música e demos uma mexida por um longo tempo, parcialmente enquanto estávamos no Japão promovendo “Spectrum”.

“Spectrum” foi uma música que eu fiz e não tinha vocal para ela. Eu chamei Matthew para trabalharmos juntos no estúdio e escrever uma letra para a música. Ele veio e fizemos juntos a melodia, enquanto ele terminava de escrever durante semanas, até acharmos que estava perfeito.

Zedd nega ter impedido Matthew de lançar músicas

Sobre a acusação de Matthew, que Zedd teria o impedido de lançar suas próprias músicas, Zedd também explicou a história:

Ele escreveu uma música chamada “Suitcase” e me enviou os vocais. Eu amei muito os vocais e produzi minha versão própria que estava soando muito “Zedd”, então eu decidi que queria lançar como meu próximo single. Então eu descobri que Matthew não queria ser o vocalista de “Suitcase” e sim o artista principal dela, então decidi me remover completamente da música e o que acontecesse dali em diante não teria mais nada a ver comigo.

“Eu nunca proibi ele de lançar suas próprias músicas, eu nunca faria isso”

Zedd continuou a carta rebatendo outras acusações e finalizou dizendo como ele estava se sentindo sobre toda a situação que Matt relatou:

“O que mais dói é saber que o Matt se sente tratado injustamente, enquanto eu o mencionei incontáveis vezes enquanto estávamos promovendo as músicas juntos, quando tocamos nossas músicas ao vivo e eu pensei que estava dando todo apoio.”

“Eu queria que Matt dissesse como estava se sentindo pessoalmente. Eu sempre tratei todos que trabalham comigo com amor e respeito. espero que um dia possamos ESTAR juntos como amigos novamente.”

Assim Zedd finaliza sua longa carta. Em seu Twitter, Zedd já havia pedido desculpas para Matthew:

Como muitas pessoas haviam dito, sempre há dois lados da história. Caso queira ler a carta na íntegra (em inglês), acesse o post abaixo:

View this post on Instagram

For Matthew & My Fans

A post shared by Zedd (@zedd) on